LUGARES DE LEITURA

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

TIRA ESSA DOR DO PEITO





FOI DE REPENTE QUE VOCÊ ENTROU EM MINHA VIDA

E DEVAGAR FOI SAINDO, ME MACHUCANDO AOS POUCOS

SE CRAVOU EM MEU CORAÇÃO


A CADA DIA EU VIA TANTO, IMAGINAVA TANTO

NÃO VÁ EMBORA SEM ANTES ME ENSINAR

A VIVER SEM TER VOCÊ E COM ESSA DOR NO PEITO


ME DÊ UM MOTIVO PRA VIVER SEM VOCÊ

UM REMÉDIO PRA TIRAR ESSA DOR DE VIVER SEM VOCÊ

EU SEI QUE AGORA TANTO FAZ

QUE EU NÃO SOU O QUE VOCÊ SEMPRE SONHOU


DEIXOU MEU CORPO JOGADO NO CHÃO

TENTEI TE FAZER MAIS QUE EU

MAS PRA VOCÊ EU NÃO FUI

O QUE VOCÊ SEMPRE QUIS


E AGORA NESSE QUARTO VAZIO

NESSA CAMA FRIA

QUE UM DIA EU TE AMEI DEMAIS

EU FUI TOTALMENTE PRA VOCÊ

O QUE EU NÃO SOU PRA MIM


E AGORA TODO DIA

EU ME LEMBRO DE VOCÊ

E NO MEU PEITO RASGA ESSA SAUDADE

Nenhum comentário: