LUGARES DE LEITURA

domingo, 30 de janeiro de 2011

ESTE É MEU CAMINHO ( waldeck )
















EU QUERO SABER DE MIM
COMO ANDAR EM PAREDES TORTUOSAS
E MELHORAR ESSE CANSAÇO

AGORA ESTOU AUSENTE D EMIM MESMO
ANDO POR AI
EM PEDRAS E MUROS
PROCURANDO ME ACHAR

E SE UM DIA EU ME ACHAR
EU VOU EMBORA
PRA UM LUGAR BEM DISTANTE
SOZINHO COM MEUS MEDOS
COM MEU SORRISO AMARELO

EU PINGO COM MEU SUOR AO ESCREVER
E UM POUCO DE MIM VAI EMBORA
ANTES DE TUDO TERMINAR DE VEZ

ESTOU CANSADO DE SER JULGADO PELO QUE EU NÃO FIZ
E NINGUÉM QUER ENXERGAR ISSO
TODOS PARECEM QUERER UMA DESCULPA PARA SEUS ERROS
E JOGAR FRUSTRAÇÕES EM CIMA DE OUTRO
COMO SE O PRÓXIMO FOSSE UM MURO
PRA SE JOGAR UMA PEDRA

ESSE É O MEU DESTINO
ESSE MEU CAMINHO

VOAR ALÉM DO HORIZONTE ( waldeck )



EU ME AFASTO PRA VIVER UM POUCO DE MIM
OLHO PRA MIM E VEJO OUTRAS DIREÇÕES
MAS NÃO ESQUECEREI NOSSA VIDAS
SEM SENTIDO , JUNTOS...

TODOS OS DIAS EU VEJO A DOR
BATER EM MEU QUARTO
E VEJO A SOMBRA DA MORTE EM MINHA JANELA
E A TRISTEZA EM SEU OLHAR

QUEM SABE AGORA ESSA DOR VAI EMBORA
E TEREMOS TODOS OS SONHOS DO MUNDO
AOS NOSSOS PÉS
PORQUE IREMOS FLUTUAR COM NOSSOS PENSAMENTOS E DESEJOS

domingo, 23 de janeiro de 2011

FUMAÇA ( WALDECK LUIZ )

ESPERANDO POR UM AMANHÂ
ENQUANTO UMA BELEZA ME DISTRAI
UM JAZZ
VOZES NO QUARTO AO LADO
VANESSA PARADIS
CRISTIAN
ESPERANDO ALGO ACONTECER

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

DOR ( WALDECK LUIZ )



SABE EU PRECISO DESSE MEU SILENCIO
MESMO SENTINDO SEU CORPO
DEIXO UM VAZIO NO AR
SE FOI BOM OU RUIM

MAS FOI BOM
E EU...
NA TARDE DA NOITE
EXPLICANDO
O QUE NÃO SE PODE EXPLICAR

SÃO MINHAS PALAVRAS QUE NÃO VEM
E VOCÊ ENTROU EM UMA VIAGEM
COMO SE EU NÃO PUDESSE MAIS TE ACHAR
MAIS EU SÓ QUERO DIZER QUE TE AMO

EU PRECISO ME ACHAR
ME PERDER
PRA TE ENCONTRAR EM ALGUM LUGAR
NUM QUARTO DE HOTEL
EM UMA CAMA FRIA
TOSCA DE AMOR
PRECISO GRITAR
QUE PRECISO DE VOCÊ

EM UM QUARTO FECHADO
SEM MEUS VICIOS
SEM VOCÊ
E SEM FUMAÇA
SEM VERDADE