LUGARES DE LEITURA

quinta-feira, 9 de julho de 2009

ENGRAÇADO

WALDECK LUIZ

NÃO SEI DIZER O QUE DIZER

O QUE FALAR NESSAS HORAS DE SOLIDÃO

O QUANTO EU PRECISAVA

NO FUNDO DE UMA GARRAFA

EU VEJO O QUANTO EU ESTOU SOZINHO

SEM NINGUÉM

PREOCUPADO COMIGO MESMO

SEM ME ALTERAR

POIS MEU MUNDO É SÓ ILUSÃO

NESSE VENDAVAL DE FLORES MORTAS

E SEMPRE QUE EU OLHO EM SEUS OLHOS

EU SINTO MEU AMOR

POR VOCE

EU NÃO SEI VIVER SEM VOCÊ

JA ESCREVI TANTAS COISAS

................. ALHEIAS

MAS NUNCA ESCREVI O QUANTO EU AMO VOCÊ

TODA VEZ QUE EU TE OLHO

QUE EU PENSO EM VOCÊ

O MEU AMOR

SE DILATA EM LÁGRIMAS

EU ACHO ENGRAÇADO

COMO A GENTE NUNCA DIZ O QUE SE DEVE DIZER

COMO AS VEZES, SEMPRE ERRAMOS

EM NUNCA DIZER

O QUANTO AMAMOS O PRÓXIMO

(PARA MEU FILHO JOÃO PEDRO)

Nenhum comentário: